Além do que foi dito, é necessário que o nosso bondoso Pai não somente trate preventivamente da nossa fraqueza, com vistas ao futuro, mas também que corrija as nossas faltas passadas, a fim de nos manter na obediência a ele. Por isso, assim que nos sobrevenha alguma aflição, devemos recordar a nossa vida passada. Procedendo dessa forma, certamente veremos que cometemos alguma falta merecedora do castigo recebido, se bem que não devemos considerar o reconhecimento do nosso pecado como o fator principal de estímulo à paciência e à perseverança. Pois a Escritura põe em nossas mãos uma consideração muito melhor dizendo que dessa maneira “somos disciplinados pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo”.

Autor: João Calvino
Fonte: As Institutas da Religião Cristã, edição especial, ed. Cultura Cristã
Reforma Radical

Formulário de Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Somente a Escritura - Somente Cristo - Somenta a Graça - Somente a Fé - Glória Somente a Deus!!